Relato de visita: a surpresa do elefante

Na visita em que fizemos em janeiro, uma situação tinha sido muito marcante. Uma criança nos pediu pra ver um elefante. Não bastava uma imagem pelo celular ou um elefante numa história infantil. Ela queria VER um. Saímos de lá um pouco frustrados porque não conseguimos realizar essa vontade tão singela e tão lindamente infantil.

Mas olho de criança na verdade vem lá do coração. E essa foi a surpresa incrível que tivemos ao voltar. O coração dela VIU um elefante, e VIU com textura, com cheiro, com som, com sabor.

E ela FEZ o elefante que ela viu com o coração. Ele era grande, cinza, tinha a pele bem grossa, cheirava framboesa, fazia barulho com seus passos e respirações e tinha gosto de sorvete de abacaxi. Ah, e carregava corações pra entregar pras crianças que encontrava.

Preciso dizer mais?